BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS

quarta-feira, 21 de setembro de 2011

Eu por outros olhos

Dizem que sou fria, irônica, que o meu sorriso mais inocente guarda um pouco de sarcasmo
Que pareço velha e estranhamente infantil
Que tenho personalidade duvidosa e atitudes disformes
Que minhas manias são propositais
Que tudo o que faço é calculado
Nada em mim é por acaso
Nada em mim é realmente falho
Tudo fui eu quem escolhi
A pele, o nariz deformado
O sapato apertado, o signo, o temperamento
A família, amigos, inimigos, animais de estimação
Sabores e desamores
Até os poucos centavos!

De tantos outros adjetivos, só esqueceram de nomear-me burra... Pois, se de fato tive a chance de escolher, acabei escolhendo errado!

terça-feira, 20 de setembro de 2011

Sutileza masculina


Você é como uma dose barata de uísque, por mais que eu deteste é a única que posso pagar...

Sem título


Dobrei meu coração feito papel
E o joguei no chão de um botequim
Na esperança de alguém o encontrar
E leva-lo pra longe de mim
Mas que azar que eu dei
Ninguém o levou
Ele continuou a reclamar
O meu corpo embebido de dor
E o sorriso querendo esgotar
Percebi que esquecer não adianta
É preciso aprender a conviver
Pois os momentos existem na lembrança
E a saudade só lembra você

Open/Closed


Fecho os olhos
Abro o coração
Quebro a cara
...
Abro os olhos
Fecho o coração
Exibo uma máscara
De cara fechada
Para esconder
Um coração aberto.

Surreal


As estrelas não param de cair
Pobre céu ficou deserto
E o chão repleto de luz
Estaria eu sonhando acordado
Ou caminhando de cabeça pra baixo?
Com o asfalto embebido de estrelas
E o céu de escuridão
Sinto que vou enlouquecer
Se não sentir a tua mão
Pois como sabes de nada importa
Ter tudo no lugar e não te ter.

Desencontro


O sol nasce
O despertador toca
Você levanta
Eu cubro o rosto
O sol se põe
A insônia desperta
Eu choro
Você dorme